Parece contraditório: como exigir experiência prévia de um candidato se ninguém lhe oferece oportunidade de ter experiência em um setor? Porém, é exatamente o que ocorre na grande maioria das cidades do Brasil. Em Corumbá, um "desabafo" feito em um grupo da rede social Facebook despertou certa reflexão acerca da situação. A internauta reclamava de ter cursos profissionalizantes e ter concluído o Ensino Médio, porém sua barreira maior era a palavra: "experiência". 

Matéria continua após a publicidade

Segundo o diretor regional do SENAC, Vitor Mello, no mercado há muitos profissionais disponíveis, mas o fato de não terem antes realizado alguma atividade impossibilita que consigam o emprego. “Hoje, 100% das empresas que trabalham conosco querem que o candidato tenha experiência na área. Entre escolher quem tem e quem não tem, ganha vantagem quem já trabalhou antes”.

Para driblar as exigências de experIência, ser proativo, ter uma boa rede de relacionamentos e não se limitar a uma função são requisitos necessários para que o candidato consiga o primeiro emprego. O diretor da Senac afirma que a pessoa não deve criar barreiras quanto aos dias de trabalho e ao horário. “Muitos querem trabalhar, mas arrumam limitações, como não trabalhar no fim de semana. Quando surgir a oportunidade é preciso aproveitá-la, independente do grau de importância ou do status que tenha”.

Mello diz que insistência é a chave para obter o sucesso. Ele salienta que aconselha alguns candidatos a irem diretamente na empresa. “Quando sei de vagas de outras empresas indico que batam na porta e vão atrás. A chance de em algum momento conseguir existe”.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos