A Justiça Federal do Mato Grosso do Sul determinou a reintegração de posse de um dos prédios da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), ocupado desde a semana passada por estudantes que participam de uma manifestação contra o contingenciamento de parte dos recursos destinados às universidades.

De acordo com a Advocacia-Geral da União (AGU), que entrou com a ação na Justiça, foi determinado a desocupação das instalações no máximo em 48 horas, além da proibição de qualquer ato que impeça a continuidade dos serviços na UFMS. A decisão foi proferida pela 1ª Vara Federal em Campo Grande.

Matéria continua após a publicidade

Na ação, a advocacia relatou que estudantes e professores foram impedidos de entrar no prédio e um servidor responsável pela secretaria teve dificuldade para sair da instalação. Alguns estudantes bloquearam a passagem de pessoas ao amontoarem carteiras nas portas e uma parte do grupo chegou a dormir no prédio.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos