A 2ª Vara de Justiça de Sidrolândia, a 70 km de Campo Grande, com a aprovação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), implantou um sistema de intimação via WhatsApp. O número está em funcionamento há 2 semanas e é baseado em iniciativas que deram certo em outras partes do país.

“Temos conhecimento desse tipo de intimação desde 2015 em outros lugares do Brasil e como tem dado muito certo ficou decidido de se implantar aqui também. Pelo nosso conhecimento este é o primeiro sistema de intimação via WhatsApp de Mato Grosso do Sul”, disse o analista judiciário, Diogenes Augusto Duarte.

Matéria continua após a publicidade

Segundo a Justiça, a exemplo de outras cidades, a inciativa tem apresentado bons resultados também em Sidrolândia, principalmente em contato com pessoas que vivem nas áreas rurais do município.

O juiz responsável, Fernando Moreira Freitas da Silva, enviou um texto explicativo para advogados e defensores da comarca e pediu que para eles informassem o número do WhatsApp para os clientes, no intuito de divulgação .

Matéria continua após a publicidade

“A iniciativa foi aceita e aplaudida. Embora o procedimento possa sofrer algumas mudanças, o principal intuito é favorecer a celeridade e transparência na execução dos processos, notadamente na obtenção de número de documentos, conta corrente para expedição de alvará e intimações para perícias. Esperamos estar iniciando uma nova era na prestação jurisdicional cada vez mais célere”, explicou o juiz.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos