Que o jogador Neymar saiu com a imagem de "craque" bastante abalada da Copa do Mundo 2018, isso ninguém duvida e, tampouco, é notícia nova. Porém, suas quedas durante as partidas, tidas por alguns fãs como uma perseguição ao jogador, e para a grande maioria, como uma habilidade teatral a parte do futebol, ainda estão rendendo memes e até a propagandas de markenting mundo a fora. 

Agora é a vez de los hermanos da Bolívia usarem e abusarem dos memes do "cai-cai" brasileiro. Se as quedas e supostas encenações de Neymar incomodam muita gente, principalmente adversários, elas agradam e muito os empresários interessados em utilizar do bom humor para chamar clientela.

Matéria continua após a publicidade

Foi o que fez o dono de uma loja de materiais de construção em Santa Cruz de La Sierra, cidade Boliviana há 655,9 km de Corumbá. A R&M Importaciones lançou a "Liquidación Neymar" para divulgar sua promoção de pisos cerámicos e sanitários importados do Brasil. No vídeo, um sósia do neymar aparece "rolando" pelos pisos divulgados.

Confira o vídeo abaixo!

Tenista sueco também entrou na diversão

Matéria continua após a publicidade

Até mesmo o tradicional e prestigiado torneio de tênis de Wimbledon, disputado na Inglaterra, resolveu tirar uma "casquinha" de Neymar. Duas semanas atrás, na sexta-feira (13), o sueco Jonas Bjorkman disputava uma partida amistosa entre veteranos quando resolveu entrar na onda do #NeymarChallenge.

No jogo de duplas, depois de receber uma bolada nas costas, o ex-jogador se jogou na grama, no meio da brincadeira, começou a se contorcer de dor. O adversário Mansour Bahrami até precisou fazer os "primeiros socorros".

O perfil oficial do torneio no Twitter publicou o registro da cena e entrou na onda: "Alguém precisa de um médico?". Nem a publicação e nem os ex-jogadores fizeram qualquer referência ao camisa 10 da Seleção, mas os torcedores, até brasileiros, logo associaram nas redes sociais. "Não à toa que o Brasil perdeu. Neymar estava ocupando jogando em Wimbledon", postou um internauta. 

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos