Uma mulher de 25 anos, foi investigada pela polícia em Olinda no Recife, suspeita de ter queimado propositalmente como forma de castigo, com uma colher fervendo sua filha de 8 anos, porque a criança não conseguia fazer a tarefa escolar.

Matéria continua após a publicidade

Segundo o delegado Vinícius Oliveira, da Delegacia de Peixinhos, a mulher afirmou que os ferimentos na boca e no peito da menina foram feitos sem querer, mas a polícia não acredita nessa versão.

Matéria continua após a publicidade

Eurico Guedes, conselheiro tutelar, disse que o conselho ficou sabendo do caso por meio de denúncia.

“Eu recebi a denúncia e fui até o local verificar. A criança afirma que foi queimada porque estava com dificuldades para fazer uma tarefa da escola. Foi aí que a mãe usou uma colher quente para queimá-la. A garota diz que foi a primeira vez que isso aconteceu”, diz o conselheiro.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos