Paulo Settervall, de 57 anos, foi professor do Colégio Militar de Campo Grande. / Imagem: Arquivo

O major da reserva do Exército, Paulo Settervall, de 57 anos, foi assassinado na noite de ontem (14), em frente a um hotel onde estava hospedado, em Bonito.

Segundo informações, Paulo foi encontrado morto na calçada. A Polícia Civil ainda não sabe o motivo do crime, mas com base em depoimentos de testemunhas, conseguiu localizar um suspeito. “Pessoas disseram que tinham visto o homem alterado e com uma faca nas mãos, nas proximidades”, relatou o delegado Gustavo Henriques Barros.

Matéria continua após a publicidade

Investigadores realizaram buscas na casa do suspeito e encontram roupas queimadas. O homem desapareceu.

Em sua rede social, a esposa de Paulo, Elaine Settervall, disse apenas que a vida do marido foi “abreviada abruptamente por um meliante”. Os dois estavam em Bonito a passeio.

De acordo com o site Campo Grande News, o corpo do major está no IMOL de Dourados e só deve ser liberado no período da tarde para velório e sepultamento em Campo Grande.

Matéria continua após a publicidade

Paulo Settervall é natural de São Paulo e durante mais de 10 anos atuou como professor de Matemática da instituição e chegou a ocupar o cargo de chefe da Seção de Ensino do Colégio. Ele foi um dos oficiais que participou ativamente da criação do Colégio Militar de Campo Grande, em 1997.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos