Até 20 de junho, foram confirmados 263 casos de sarampo. / Imagem: Ilustrativo

A prefeitura de Manaus vai decretar situação de emergência por 180 dias em razão do surto de sarampo registrado na capital amazonense. O anúncio será feito hoje (3) durante coletiva de imprensa com o prefeito Arthur Virgílio Neto.

No Amazonas, até 20 de junho, foram confirmados 263 casos de sarampo, enquanto 1.368 permanecem em investigação e 125 foram descartados. Das 1.756 notificações registradas no estado, 82,1% (1.441) são em Manaus.

Matéria continua após a publicidade

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos