Agenda aconteceu na quarta-feira (30), em Campo Grande. / Imagem: PMC

O novo programa habitacional prevê a construção de 359 moradias. O processo é uma forma de construção diferenciada, moderna, pré-moldada de grande qualidade e com celeridade muito maior que a convencional. É uma novidade que Corumbá trará na forma de construção”, explicou Ricardo Ametlla - secretário de Obras do município.

Na manhã da úlçtima quarta-feira (30), Marcelo Iunes se runiu na Superintendência Estadual da Caixa Econômica Federal, em Campo Grande, buscando a liberação de recursos para construção das casas populares em Corumbá. O chamamento já foi publicado.

Matéria continua após a publicidade

De acordo com Iunes, a reunião foi positiva. “Conseguimos avançar neste projeto, que é muito importante para nossa população. Estamos empenhados em diminuir o déficit habitacional na cidade, que ainda é muito grande”, afirmou Marcelo Iunes.

Política de Governo

Em dezembro do ano passado, o prefeito Marcelo Iunes sancionou a lei que autoriza o Poder Executivo Municipal a doar áreas ao Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) para construção de quase 360 unidades habitacionais pelo programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal.

Matéria continua após a publicidade

De acordo com a legislação, a Caixa Econômica Federal será a responsável pela contratação junto aos interessados que preencham os requisitos legais de financiamento com subsídios, sendo o imóvel posteriormente matriculado em nome deste, sendo nesta oportunidade concedida isenção para que isso ocorra.

O Programa Minha Casa Minha Vida parte da premissa que o acesso à moradia regular é condição básica para que as famílias de baixa renda possam superar suas vulnerabilidades sociais e alcançar sua efetiva inclusão na sociedade brasileira, e que o acesso ao financiamento habitacional para estas famílias que não têm capacidade de poupança exige condições especiais e subsidiadas.

Na área objeto da doação, a lei estabelece que serão construídas 359 unidades habitacionais, para contemplar famílias que se enquadrem nos requisitos legais do programa.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos