A madrugada desta sexta-feira (10) foi gelada em Mato Grosso do Sul. Várias cidades registraram temperatura abaixo dos 10°C e em 32 munícipios houve formação de geada. A cidade mais fria do Estado foi Rio Brilhante –a 120 quilômetros de Campo Grande. Por lá, temperatura de 1,9 °C, sensação térmica de -3°C, geada e névoa úmida.

De acordo com o meteorologista Natálio Abrahao Filho, da Estação Meteorológica Uniderp, entre as cidades onde foi registrada geada estão: Amambaí, Bandeirantes, Bonito, Bela Vista, Dourados, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Jardim, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Ponta Porã, Sidrolândia e Santa Rita do Rio Pardo.

Matéria continua após a publicidade

Em Campo Grande, durante a madrugada foi registrada temperatura de 7,5°C e sensação térmica de 3°C. As cidades que registraram sensação térmica abaixo de zero foram: Bonito (-1°C), Bela Vista (-2°C), Itaporã (-1°C), Laguna Carapã (-1°C), Maracaju (-2°C), Ponta Porã (-1°C) e Sidrolândia (-2°C).

A massa de ar frio permanece sobre o Estad nesta sexta (10) e provoca mais queda nas temperaturas, especialmente as mínimas. O sol aparece em todo Mato Grosso do Sul e a máxima é de 28°C. Em Campo Grande, tempo parcialmente nublado a claro com névoa seca e máxima de 21°C. Em Corumbá - Sol com algumas nuvens. Não chove. Máxima 25° e mínima 14°.

Segundo o meteorologista, não há previsão de chuva até a próxima terça-feira (14). As mínimas vão permanecer baixas até o domingo (12). Para quem gosta de calor, uma boa notícia: na próxima semana ele volta e as temperaturas devem ficar bem altas, passando dos 32°C, em Mato Grosso do Sul.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos