Médico acusado Ricardo Chauvet.


O médico Ricardo Chauvet, denunciado por cobrar por uma cirurgia do Sistema Único de Saúde (SUS), não está mais atendendo na maternidade da Santa Casa de Corumbá (MS).

Matéria continua após a publicidade

Matéria continua após a publicidade

A direção da Santa Casa informou que Chauvet apresentou um atestado médico e por isso estará afastado das atividades na maternidade por, pelo menos, 15 dias. O hospital disse que a junta interventora ainda está analisando o caso e que aguardam, também, uma posição da Comissão de Ética através da direção da clínica.

Médico Ricardo Chauvet é suspeito também de abuso sexual, além de cobrar por cirurgia do SUS — Foto: TV Morena/Reprodução

Na última semana o médico já tinha sido afastado do Centro de Saúde da Mulher e teve a prisão negada pela justiça. O juiz Deyvis Eco solicitou apenas que Ricardo compareça a cada dois meses em juízo para assinar presença. Ele também é investigado por assédio sexual.

A promotoria informou que vai recorrer da decisão ao Tribunal de Justiça. A paciente que denunciou o médico por cobrar R$1 mil por uma cirurgia no útero foi convocada, esta semana, para depor na delegacia da Polícia Civil e no Conselho Regional de Medicina.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos