Os cachorrinhos Mia e Bob desapareceram de casa há mais de uma semana em Corumbá.

Já tem quase duas semanas que a família do médico Manoel João permanece inquieta em busca dos cachorrinhos de pequeno porte Mia e Bob.

Conforme a família, os cães sumiram da residência localizada na Rua Tenente Melquíades, 1249, no centro de Corumbá.

Matéria continua após a publicidade

Por serem pequenos e de raça, a família acredita que os animais foram encontrados por algum transeunte que os levou para casa.

Desde então, os antigos donos permanecem em uma eterna agonia, compartilhando apelos nas redes sociais para sensibilizar quem supostamente possa ter levado os cachorrinhos.

Conforme o médico Manoel João, os cachorros possuem peculiaridades, precisam de comidas específicas e um tratamento adequado. A cadela Mia já é castrada e de idade avançada.

Matéria continua após a publicidade

A família ainda oferece recompensa de até mil reais para quem possa devolver os cachorrinhos. A maior preocupação é com a saúde dos animaizinhos, além da saudade que corrói o coração da família.

Família do médico Manoel João faz apelos nas redes sociais para encontrar os cachorrinhos. / Imagem: Facebook

Apropriação de coisa achada é crime

É importante frisar que quem achou os cachorrinhos e não devolveu está cometendo o crime de “apropriação de coisa achada”. Sabe aquela velha história do achado não é roubado? Pois é, não é bem assim.

A pena é de detenção de um mês a um ano ou multa, de acordo com o art. 169 do Código Penal.

Ou seja, a obrigação de devolver qualquer objeto encontrado na rua ao seu verdadeiro dono não é só um dever moral, é também uma questão jurídica.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos