No último sábado (23), um post de um pai sobre o bullying sofrido pelo melhor amigo do filho dele viralizou nas redes sociais, causando comoção. O homem, identificado por Mateus Barboza, publicou em seu perfil no Facebook um print de uma conversa que teve com o filho no Whatsapp.

Na conversa, o menino implora ao pai que o leve embora de uma festa de aniversário de um colega, por que o aniversariante e outros meninos estavam ofendendo o amigo dele, Rafael.

Matéria continua após a publicidade

“Pai, vem me buscar fazendo o favor. Não quero ficar na festa do Gabriel. Você sabe que o Rafa é meu melhor amigo da escola, né? Aí o Gabriel e os outros meninos estão fazendo bullying com o Rafa. Tão chamando ele de preto e gordo. Eu não fiz bullying não, tá? Eu defendi ele e falei para pararem. Aí eu falei para o pai do Gabriel e para o homem que tá vestido de Minecraft, mas eles deram risada. Agora a gente tá aqui sozinho. Pai, quando você vier, pega o Rafa também, para a gente não deixar meu amigo aqui sozinho”, escreveu o menino.

O Pai atendeu imediatamente ao pedido do filho. “Oi, campeão, o papai está aí perto. Chego em 10 minutos e fica tranquilo que vamos levar o Rafinha sim. Se esses meninos tentarem qualquer coisa e você precisar se defender, se defenda. As aulas são para isso”

Matéria continua após a publicidade

Em sua rede social, Mateus lamentou a situação passada pelo seu filho e pelo amigo dele. “Extremamente triste com a situação mas, por outro lado feliz pela atitude do meu filho em não se juntar aos outros meninos. Mas fica a reflexão… Nenhuma criança nasce preconceituosa e muito menos agressiva,ou seja, ela aprende isso de alguma forma e na maioria das vezes é em casa, com base na educação que os pais dão e principalmente no comportamento deles. Então pensem bem no tipo de exemplo que vocês pais dão a seus filhos”.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos