Uma mulher de 33 anos foi morta a facadas no início da madrugada desta sexta-feira (27), em Sidrolândia, a 64 quilômetros de Campo Grande, na frente do filho. A polícia soube do caso quando o marido dela se apresentou na Delegacia de Polícia Civil minutos depois, dizendo que havia matado a companheira.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o homem de 36 anos chegou na delegacia por volta da meia-noite. Ele estava com a camiseta, braços e pernas sujos de sangue e disse à investigadora que o atendeu que havia matado a esposa a facadas na casa deles e deixado a faca no local do crime.

Matéria continua após a publicidade

A Polícia Militar (PM) foi acionada e, no local, constatou que a mulher estava ferida caída no chão. Os policiais demoraram cerca de 10 minutos para entrar no condomínio porque o portão estava fechado e não havia porteiro.

O Corpo de Bombeiro também foi chamado e quando chegou a mulher já estava morta. Ela tinha diversos ferimentos. Uma faca suja de sangue e quebrada foi encontrada na rua do condomínio e apreendida.

Conforme o registro policial, o homem não estava embriagado, não aparentava estar sob efeito de entorpecentes e disse à investigadora que toma remédios controlados para depressão e sono.

Matéria continua após a publicidade

Ele foi autuado em flagrante por homicídio qualificado porque foi praticado na frente do filho.

Com informações G1

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos