Farid Yunes em conversa via Skype com o jornalista e radialista Armandinho Anache, de Aquidauana. / Imagem: Alle Yunes

Farid Yunes Solominy, jornalista, radialista e empresário de comunicação, faleceu na madrugada de hoje, 08 de maio de 2019, em Corumbá MS, aos 66 anos!

Se encontrava na sua residência anexa ao seu jornal Correio de Corumbá na madrugada, quando se sentiu mal e seus dois filhos Alle Yunes Solominy e João Soleto Yunes o conduziram para o Hospital da Santa Casa, mas infelizmente, já com a saúde bem debilitada - não resistiu.

Matéria continua após a publicidade

Farid Yunes exerceu importantes cargos públicos em nossa cidade, como de Assessor de Governo e de Comunicação Institucional na Prefeitura Municipal de Corumbá, nas administrações dos prefeitos Dr. Hugo Costa, Dr. Fadah Gattass (segundo mandato) e do Dr. Ricardo Candia.

Conforme homenagem que recebeu na extinta revista “DeFato”, edição de abril de 2016, sob o título: O crítico gigante da Imprensa corumbaense, Farid Yunes era conhecido como polêmico, divertido, dotado de memória excepcional e um crítico voraz de tudo aquilo que está errado, um ícone do jornalismo corumbaense, atuando com serenidade e dinamismo. Em suas colunas Coisas que Acontecem e Torpedos, ficava evidente a coragem e a não preocupação em apenas agradar este ou aquele seguimento. Aos domingos, todos esperavam a edição do Semanário para saberem das novidades e as “cutucadas”, sem medo que Farid endereça a quem quer que seja, ainda estando em recesso, devendo retornar dentro em breve.

Como estudante, foi aluno do Colégio Salesiano de Santa Tereza de Corumbá-MS, Colégio Maria Leite ainda na Rua Cabral e no início dos anos 1970 do Instituto Americano de Lins, cidade do interior de São Paulo, por onde passava o trem da NOB rumo a Bauru.

Matéria continua após a publicidade

Em Ribeirão Preto, igualmente interior paulista, Farid Yunes estreou na radiofonia como repórter, inclusive tendo entrevistado Luiz Inácio Lula da Silva, que depois viria a ser presidente da República por dois mandatos.

Fez muito sucesso na radiofonia corumbaense, tanto na Rádio Difusora como na Rádio Clube, inclusive fazendo parte do inesquecível programa “Jovem Clube Sabe de Tudo”, participando de mesas redondas com debates de interesse de Corumbá e dos seus munícipes, noticiarista e repórter de campo no Estádio Arthur Marinho.

Já como promotor de eventos, Farid e o radialista Jonas de Lima, como empresários de atrações artísticas trouxeram anos atrás, renomados cantores, duplas e trios sertanejos para shows em Corumbá, dentre eles, Donizete, a dupla “Milionário e José Rico”, no auge da fama, Trio Parada Dura.

Desde 1999 Farid Yunes é proprietário do Semanário Correio de Corumbá. Em 2010 lançou o Correio de Ladário, possuindo também um site de Notícias.

Seu pai Sr. Alle, foi comerciante durante décadas na esquina da Rua 13 de Junho com a Rua 7 de Setembro e construtor proprietário de vila de casas na Rua Cabral, onde hoje está instalado o Hotel Timoneiro, além das residências que existem ao lado do mesmo. Os irmãos do Farid, o Yunes e o Jamil da Embratel já são falecidos, possuindo irmãs em Campo Grande e Cuiabá. A genitora do “Faridão”, D. Olga Yunes, também é falecida.

FAMÍLIA
Farid Yunes Solominy, nascido em Corumbá no dia 15 de abril de 1953, tem três filhos: Tatiana, pedagoga em Ribeirão Preto, progressista cidade do interior de São Paulo; Alle Yunes, diagramador, repórter fotográfico e diretor administrativo do Correio de Corumbá e o caçula João Yunes(18 anos), atualmente estudando na Capital do Estado, possuindo netos e netas.

A funerária Cristo Rei informa que seu velório será na sua Capela na Rua Major Gama, esquina com a Rua 13 de Junho, em horário ainda a ser comunicado.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos