O motorista da carreta Iveco, que não teve o nome divulgado, acusado de atropelar e matar a professora Cleodete de Albuquerque Rezende, 41 anos, foi encontrado escondido atrás de um sofá na residência onde mora em Nova Alvorada do Sul. Ele foi preso e recusou passar pelo teste do bafômetro.

De acordo com o site Nova Alvorada Informa, o condutor da carreta fugiu do local sem prestar socorro à vítima. A professora é conhecida na cidade pelo apelido de Cléo e pilotava uma motocicleta Honda Titan, no bairro Maria de Lourdes, no município de Nova Alvorada, quando o acidente aconteceu.

Matéria continua após a publicidade

O condutor da carreta teria invadido a preferencial e atropelado a professora. A perícia recolheu o tacógrafo do cavalo mecânico.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos