Letícia permanece na cela, à disposição da Justiça. / Imagem: Ana Lucia Marchi/Correio Da Manhã

A Polícia Federal (PF) prendeu em Corumbá, Letícia Ferreira Riquelme. Ela é companheira do traficante internacional Jorge Luis da Silva, conhecido como "bolão". Nessa segunda-feira (26), ela foi flagrada dirigindo um carro na cidade. Ao ser abordada, apresentou uma identidade em nome de Alice Rios Castedo e então foi levada para delegacia. Após um tempo, a suspeita confessou que estava mentindo e foi indiciada por mais este crime.

Segundo a polícia, Letícia tinha em desfavor um mandado de prisão, expedido pela 5ª Vara Federal Criminal de Campo Grande. Além dela, o narcotraficante também estava foragido da Justiça. Ele foi condenado a 28 anos, 4 meses e 15 dias de reclusão pela prática reiterada de tráfico internacional de drogas, além de financiamento do tráfico. Bolão foi recapturado pela polícia brasileira em 13 de agosto deste ano, após ter sido expulso da Bolívia, onde também morava fazendo uso de identidade falsa.

Matéria continua após a publicidade

Traficante brasileiro preso em Corumbá era um dos 6 foragidos mais procurados do Brasil. / Imagem: Divulgação/PF

Letícia permanece na cela, à disposição da Justiça.

A pena para o crime de tráfico de drogas varia de 8 a 15 anos de reclusão.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos