Na tarde desta terça-feira (09), na sede da Subseção de Corumbá da Ordem dos Advogados, a Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos e da Secretaria Especial de Segurança Pública e Defesa Social, lançou o projeto ‘Patrulha Maria da Penha’. O projeto visa efetivar as ações de proteção as mulheres vítimas de violência na cidade de Corumbá.

A solenidade, iniciada ás 15h30, contou com a presença do corpo da Guarda Municipal, em virtude da capacitação que irão receber acerca do tratamento adequado às mulheres vítimas de violência.

Matéria continua após a publicidade

 O intuito da nossa presença é capacitar todos os 220 guardas através da Secretaria de Direitos Humanos para o melhor atendimento à mulher vítima da violência. Hoje nós já fazemos o acompanhamento de muitos casos, já damos apoio e suporte, mas ainda nos falta a capacitação para trabalharmos em conjunto com a Prefeitura e demais órgãos no combate a violência contra a mulher.

Gabriel Luiz Ortiz Carneiro, Agente da Guarda Municipal

O vereador André da Farmácia destacou a importância do combate à violência contra mulher em Corumbá que tornou-se uma das pautas mais debatidas pelas ações da Prefeitura nos últimos anos. O vereador observou que Corumbá não é a cidade mais violenta em relação a mulher, mas a cidade que mais registra a violência, logo que muitos municipios mascaram dados.

Matéria continua após a publicidade

O vereador Tadeu Vieira arguiu sobre  número elevado de leis acerca da proteção a mulher, todavia que nem todas eram efetivadas em prática no municipio. Solicitou, então, à mesa, sobretudo ao Prefeito Iunes, o cumprimento das leis aprovadas em Câmara, como a lei que estipula locais iluminados e seguros para que o transporte público possa parar para as usuárias femininas descerem.

A Secretária Beatriz Cavassa comemorou a solenidade que denota um avanço nas políticas publicas de proteção à mulher e reiterou que a Prefeitura vem fazendo um grande trabalho de conscietização, proteção e acompanhamento de vítimas da violência, prezando pela sensibilidade e pelo decoro com as vítimas. Segundo a Secretária, mais de 2.200 atendimentos foram realizados na cidade entre os anos de 2012 e 2017

Para o Prefeito Marcelo Iunes, o projeto fomentará as ações em apoio a mulher e aproximará a população sobre o debate da causa. “É importante que as mulheres que precisam deste auxílio saibam que sempre haverá uma viatura para acompanhá-las e dar apoio e segurança as vítimas da violência doméstica”, declarou o prefeito Marcelo Iunes, após assinar o decreto 1.907, criando a Patrulha Maria da Penha.

É importante que as mulheres que precisam deste auxilio saibam que sempre haverá uma viatura para acompanhá-las e dar apoio e segurança as vítimas da violência doméstica.

Prefeito Marcelo Iunes

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos