O senhor Honório Ribeiro (76) saiu de casa aos 14 anos, e desde então busca sua família que mora, possivelmente, em Corumbá.

A jovem Lorruama Mendes (25) está auxiliando seu avô Honório Ribeiro (78) a buscar seus familiares, naturais de Corumbá (MS), que ele não vê há mais de cinco décadas. Lorruana fez um apelo em um grupo de Corumbá buscando informações sobre parentes do avô que ainda possam residir na região pantaneira.

Atualmente, neta e avô moram em Santo Antônio do Arancaguá, em São Paulo.

Matéria continua após a publicidade

Segundo o relato da neta, o senhor Honório saiu de casa quando tinha 14 anos e foi morar em Três Lagoas (MS). Em seguida, morou em São Pedro, distrito de Inocência (MS). Mais tarde, casou-se com a dona Arlete em Costa Rica (MS), indo, logo depois, morar no município de Aripuana, no estado do Mato Grosso.

Desde então, ele perdeu o contato com seus familiares que residiam em Corumbá.

O pai do senhor Honório, o senhor Onofre Batista, conforme o relato, tinha uma sapataria em Corumbá, enquanto a mãe Luzia Ribeiro Mendes, tinha uma padaria.

Matéria continua após a publicidade

Os irmãos do senhor Honório se chamam Benito Ribeiro Mendes, Isaura Ribeiro Mendes e Neli Ribeiro Mendes.

O senhor Honório e sua neta aguardam informações que possam elucidar o paradeiro dos parentes supracitados e de outros parentes que possam vir a se identificar.

O Jornal Correio da Manhã se coloca a disposição para ajudar caso alguém tenha demais informações sobre o caso.

A neta Lorruama Mendes disponibiliza também seu contato (18) 99633-8656 para receber informações.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos