A implantação de uma ampla rede de infraestrutura está transformando o perfil urbanístico de Corumbá. Só na região Sul, a Prefeitura executa obras que vão equipar os bairros da parte alta da cidade com mais de 43 mil metros quadrados de pavimentação asfáltica e 2.175 ml (capacidade total de vazão) de drenagem de águas pluviais em tubos de concreto. Os serviços são executados com recursos da Prefeitura Municipal.

“Estamos fazendo um trabalho na cidade inteira, não somente em bairros específicos. Estamos trabalhando para implantar drenagem profunda e asfalto de qualidade nos bairros. Todas as ruas que estamos pavimentando, promovendo a requalificação ou recapeamento está sendo feito com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), que apresenta maior tempo de vida útil”, explicou o prefeito Marcelo Iunes. Iunes reforçou que inicialmente é preciso garantir a infraestrutura para num segundo momento desenvolver serviços de paisagismo e urbanismo nas vias.

Matéria continua após a publicidade

Na manhã desta terça-feira, 10 de setembro, o prefeito percorreu canteiros de obras no bairro Popular Nova e também esteve na rua José Fragelli, onde o Município já fez a pavimentação da via. “Era uma obra que os moradores daqui esperavam há muito tempo e conseguimos executar”, disse o chefe do Executivo Municipal.

No bairro Popular Nova, o prefeito vistoriou os serviços no canteiro de obras da rua Santa Catarina. Lá, a Prefeitura implanta extensão total de 330 metros de asfalto – com drenagem profunda – entre as ruas 21 de Setembro e Cyríaco de Toledo.

No mesmo bairro, só que na rua Edu Rocha, o Município faz o asfaltamento e drenagem de 325 metros entre as ruas Santa Catarina e Paraná. Na rua Minas Gerais, a rede de infraestrutura urbana alcança extensão total de 350 metros somente no trecho entre as ruas República do Paraguai e Allan Kardec. Na rua São Paulo – entre Marechal Floriano e José Fragelli – estão em franca execução obras de drenagem e a pavimentação asfáltica vai atingir total de 310 metros.

Matéria continua após a publicidade

A região Norte de Corumbá terá 3.396 ml (capacidade total de vazão) de drenagem de águas pluviais em tubos de concreto e implantação de pavimentação asfáltica totalizando 48.447 metros quadrados.

O Fonplata

O Município vai receber um total de 40 milhões de dólares do financiamento disponibilizado pelo Fonplata. Outros US$ 40 milhões, como contrapartida estabelecida pela parceria do Município e do Governo do Estado.

São cinco anos para execução total do projeto. Corumbá terá cinco anos de carência para iniciar o pagamento do financiamento, que deve ser quitado num período de 13 anos. Ao todo, o Município terá 18 anos para pagar o empréstimo de US$ 40 milhões contraído com o Fonplata.

São diversas ações voltadas para o desenvolvimento de áreas de recreação e descanso, infraestrutura de vias e drenagem, recuperação do patrimônio histórico e fomento do turismo.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos