Um jovem de 23 anos matou a filha de 7 meses em Sapezal, a 473 km de Cuiabá, no Dia dos Pais, comemorado no domingo (11), depois de passar o final de semana com ela e precisou ser escoltado pela polícia para não ser agredido.

Segundo a Polícia Militar, Diogo Morais Justino tentou suicídio depois de cometer o crime, mas foi socorrido e levado para uma unidade hospitalar.

Matéria continua após a publicidade

Depois de receber atendimento, ele foi levado para uma delegacia e preso em flagrante.

De acordo com a polícia, os pais da criança são separados e a mãe havia autorizado que a menina passasse o fim de semana com o pai.

Nesse período, o homem teria ligado para a ex-mulher e dito que ‘resolveria’ o problema. A suspeita é que ele não aceitava o fim do relacionamento.

Matéria continua após a publicidade

Caso vai ser investigado pela Polícia Civil de Sapezal — Foto: Divulgação

A Polícia Militar encontrou a criança morta sobre o peito do pai. Uma chave de fenda estava ao lado dos dois. Os investigadores também encontraram duas facas molhadas e uma esponja suja de sangue.

O pai, segundo a polícia, tem histórico de problemas psiquiátricos, o que pode ter sido uma das motivações do crime.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos