A Polícia Federal em Mato Grosso do Sul deflagrou hoje em Dourados, a 230 quilômetros de Campo Grande, a Operação Purificação para combater a corrupção em processos de licitação de refeições em hospitais do município.

Oito equipes, compostas por 32 policiais federais, estão dando cumprimento a oito mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão temporária, todos expedidos pela Justiça Federal do município. Os crimes investigados são estelionato qualificado, uso de documento falso e associação criminosa, todos do Código Penal, além de fraude à licitação.

Matéria continua após a publicidade

O esquema consistia em fraudes por meio de possível direcionamento na licitação e na execução do contrato com a administração, causando prejuízo milionário aos cofres públicos, de acordo com informações da Polícia Federal. A aquisição das refeições que serviam para cometer o crime eram para a alimentação de pacientes e funcionários das unidades em Dourados.

O nome da operação refere-se a depurar, expurgar, sanear, os processos licitatórios no âmbito da Administração Pública com verba federal. A coordenação da Operação Purificação deverá conceder entrevista coletiva às 10h, na Delegacia da Polícia Federal em Dourados.

Matéria continua após a publicidade

WhatsApp

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos