São cumpridos três mandados de busca e apreensão e 30 policiais federais participam da operação. / Imagem: Fábio Marchi

Na manhã de hoje (12) em Ladário, a Polícia Federal deflagrou a Operação Sodalitia. A operação investiga fraudes no recebimento de benefícios do programa Bolsa Família e durante as investigações foram descobertas irregularidades que envolveriam o não-preenchimento dos requisitos necessários para ter direito ao recebimento do benefício assistencial pelo Governo Federal.

Ainda de acordo com a investigação, foram coletados indícios em que o benefício teria sido concedido a qualquer pessoa que declarasse por conta própria, preencher os requisitos do programa.

Matéria continua após a publicidade

PF na Assistência Social de Ladário. / Imagem: Fábio Marchi

Os benefícios eram concedidos a pessoas, que não teriam direito. A fiscalização é de responsabilidade da Prefeitura de Ladário e não era realizada e a Secretaria Municipal de Assistência Social do município não realizava visitas junto aos beneficiários do programa.

De acordo com a PF, estão sendo cumpridos três mandados de busca e apreensão na Secretaria Municipal de Assistência Social, no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e no CREAS (Centro de Referência Especializada em Assistência Social), de Ladário.

Matéria continua após a publicidade

A ação de hoje não acarretará na suspensão do Bolsa Família ou de qualquer benefício ou serviço prestado pelo Município de Ladário. A corporação destaca ainda que não antecipa atribuição de autoria ou culpa, cuja avaliação definitiva somente poderá ser proferida pelo Poder Judiciário, por meio de sentença.

Documentos apreendidos pela PF em Ladário / Imagem: Divulgação/PF

Em Nota, a Prefeitura Municipal de Ladário informa que a operação realizada hoje pela Polícia Federal no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), não tem relação direta com a atual administração.

Abaixo Nota na íntegra:

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos