Ambulante de 21 anos é executado

A Polícia Civil intimou, na quinta-feira (30), familiares da criança de 3 anos, que teria sido estuprada por um pintor de 38 anos, na região sul de Campo Grande. O caso foi registrado na delegacia há 2 dias e o suspeito foi preso em flagrante.

Ao G1 a delegada Marília de Brito, titular da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e o Adolescente (Depca), disse que o suspeito passou por audiência de custódia e teve a prisão temporária convertida em preventiva.

Matéria continua após a publicidade

Em depoimento, a mãe falou que "o suspeito era considerado como tio, já que é tio do ex-esposo dela". "Na ocasião, a vítima estava brincando, quando começou a chorar. Em seguida, ele falou para a mãe que iria levá-la para ver os cachorrinhos na casa dele, quando o crime aconteceu", explicou Brito.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável, que é um crime hediondo com pena que pode chegar a 15 anos de reclusão.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos