A Polícia Civil investiga o suposto estupro de uma criança de seis anos na aldeia Jaguapiru, em Dourados, a 210 quilômetros de Campo Grande. O abuso sexual teria sido praticado por um primo da vítima.

Foi o pai da criança quem denunciou o caso à polícia. Ele contou aos policiais que ao procurar pela vítima depois do almoço, a encontrou sendo abusada pelo primo que havia ido visitar a família.

Matéria continua após a publicidade

O caso foi registrado como estupro e está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar, que afirma que pelo menos 70% dos casos de violência sexual registrados pelo órgão aconteceram na reserva indígena de Dourados.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos