A Polícia Militar prendeu, na tarde desta segunda-feira (21), um idoso de 62 anos acusado de agarrar mulheres na Rua 14 de Julho, no Centro de Campo Grande. O homem, que é cadeirante e confessou o crime, disse à polícia que “passa a mão nas mulheres porque elas são gostosas e não sou viado”.

Na segunda (21), ele agarrou uma professora de 51 anos que passava pela rua. O idoso passou a mão nos seios dela e a chamou de “gostosa”. Assustada, a vítima foi socorrida por populares.

Matéria continua após a publicidade

Para a polícia, ela contou que estava na Centro para pagar contas quando, ao passar pela Rua 14 de Julho, foi segurada pelos braços pelo idoso, que em seguida passou as mãos em seus seios.

Populares que passavam pelo local socorreram a professora, que se refugiou em uma loja. A professora não foi a única vítima do tarado. Algumas mulheres teriam dito aos policiais já terem sido vítimas do idoso.

Quando detido, ele ainda teria dito aos militares que “nenhuma polícia faz eu parar”. O caso foi registrado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher) e nesta terça-feira (22), o idoso passou por audiência de custódia e a prisão preventiva dele foi decretada

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos