A política de reajustes da Petrobras visa seguir as oscilações do mercado internacional. / Imagem: Ilustrativo

preço médio do litro de gasolina vendida nos postos de combustível subiu esta semana para R$ 4,226, ante 4,215 na semana anterior, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Com isso, o combustível acumula alta de 3,09% desde o início do ano, e avança 21,99% desde que a Petrobras iniciou sua nova política de preços, em julho do ano passado. (leia mais abaixo).

Matéria continua após a publicidade

Outros combustíveis

Já o preço médio do diesel nas bombas passou de R$ 3,427 para R$ 3,471 na última semana. O litro do etanol, por sua vez, continua seguindo o caminho inverso e voltou a cair, passando de R$ 2,971 para R$ 2,893 no período.

Gás de cozinha fica mais barato

Matéria continua após a publicidade

Na semana passada, o preço médio do botijão de 13 kg de gás de cozinha recuou de R$ 67,01 para R$ 66,92, segundo a ANP.

Política de preços da Petrobras

A Petrobras vem adotando novo formato na política de ajuste de preços dos combustíveis desde 3 de julho do ano passado. Pela nova metodologia, os reajustes acontecem com maior frequência, inclusive diariamente.

A política de reajustes da Petrobras visa seguir as oscilações do mercado internacional, entre outros fatores, além de manter sua competitividade e uma melhor posição no mercado de combustíveis, evitando que as suas cotações fiquem abaixo da paridade externa.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos