A Prefeitura Municipal de Pedro Gomes abriu o edital de processo seletivo simplificado para o cargo de auxiliar de desenvolvimento infantil na Semec (Secretaria Municipal de Educação). O processo seletivo oferece duas vagas para um trabalho de 40 horas semanais, mas o que chama a atenção é o ganho mensal de menos de R$ 500.

O processo seletivo conta com uma única etapa, a avaliação curricular e de experiência profissional. Para participar, o candidato deve ter ensino fundamental completo para exercer 40 horas semanais em funções que incluem auxiliar professores no processo de ensino-aprendizagem na educação infantil; auxiliar crianças nas atividades; cuidar da higiene, alimentação e repouso dos alunos; planejar atividades pedagógicas; auxiliar, quando necessário, na limpeza geral do prédio escolar e na preparação da merenda dos alunos, entre outras atribuições.

Matéria continua após a publicidade

Em meio a tantas responsabilidades, impressiona o vencimento de R$ 486,53 descrito em edital. Para se ter uma ideia, o valor de uma cesta básica em Campo Grande era de R$ 422,88 em dezembro, de acordo com pesquisa do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos).

Apenas como comparação, a Prefeitura de Bataguassu abriu processo seletivo em setembro de 2018 com vagas para auxiliar de desenvolvimento infantil. No caso do município, o salário era de R$ 1.247,48. Em fevereiro de 2018, havia processo seletivo para a vaga em Fiqueirão, com salário de R$ 1.356,95.

De acordo com o site Midiamax, a atendente da Secretaria de Educação, explicou que não há erro no edital com relação ao salário, já que a tabela do município atribui tal valor. O que acontece é que a Prefeitura faz a complementação do vencimento até atingir o valor de um salário mínimo, de R$ 998.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos