Vacina é trivalente e imuniza contra os vírus H1N1, H3N2 e B / Imagem: Ilustrativo

A Prefeitura Municipal de Corumbá, em virtude do crescimento de casos relacionados ao vírus da gripe influenza, lançou uma nota explicativa à população alegando que solicitou mais imunização para a população corumbaense.

Porém, o pedido ainda não obteve retorno.

Matéria continua após a publicidade

Confira a nota:

A Secretaria de Saúde de Corumbá informa que solicitou à Secretaria de Saúde do Estado de MS e ao Ministério da Saúde mais doses contra a gripe Influenza, porém até o momento não recebeu uma resposta se o pedido será atendido.

Matéria continua após a publicidade

Desde o término do verão, inúmeros casos suspeitos são atendidos no Pronto Socorro, na Upa ou nas Unidades de Saúde, destes, 4 foram confirmados por exame laboratorial, sendo que 3 evoluíram para óbito. Conforme último boletim epidemiológico divulgado pelo Governo do Estado, em 12 de junho, no Estado há 84 casos confirmados, sendo 26 em Três Lagoas e 10 em Campo Grande.

A Secretaria de Saúde está acompanhando todos os casos suspeitos no município, inclusive os que estão sendo tratados na rede particular. Em todos os casos suspeitos, o protocolo do Ministério de

Saúde é seguido com a coleta do exame em até 7 dias do início dos sintomas, e o início do medicamento Tamiflu, dispensado ao paciente, se assim houver prescrição medica e indicação do uso,baseado no protocolo do manejo da Gripe Influenza. Ressaltamos que as doses são recebidas do Ministério e cabe a Secretaria de saúde aplicá-las conforme sua orientação.

Contamos com a população para adotar as medidas de prevenção, como: higienizar as mãos com água e sabão ou com álcool gel, principalmente depois de tossir ou espirrar; depois de usar o banheiro, antes de comer, antes e depois de tocar os olhos, a boca e o nariz; evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies potencialmente contaminadas (corrimãos, bancos, maçanetas etc.).

Manter hábitos saudáveis, como alimentação balanceada, ingestão de líquidos e atividade física. Pessoas comsíndrome gripal devem evitar contato direto com outras pessoas, abstendo-se de suas atividades de trabalho, estudo, sociais ou aglomerações e ambientes coletivos.

A gripe, ou influenza sazonal, inicia-se em geral com febre alta, seguida de dor muscular, dor de garganta, dor de cabeça, coriza e tosse seca. A febre é o sintoma mais importante e dura em torno de três dias. Os sintomas respiratórios como a tosse e outros, tornam-se mais evidentes com a progressão da doença e mantêm-se em geral de três a cinco dias após o desaparecimento da febre. Alguns casos apresentam complicações graves, como pneumonia, necessitando de internação hospitalar. Devido aos sintomas em comum, pode ser confundida com outras viroses respiratórias causadoras de resfriado comum.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos