O número de assassinatos, latrocínios (roubo seguido de morte), roubo de carga, de veículo e outros crimes teve redução em janeiro, primeiro mês de Jair Bolsonaro à frente da Presidência da República.

Os dados são do Sinesp (Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais, de Rastreabilidade de Armas e Munições, de Material Genético, de Digitais e de Drogas). Esta é a primeira vez que os números são divulgados de forma padronizada e oficial.
Nove crimes que integram o relatório: estupro, furto de veículo, homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, roubo a instituição financeira, roubo de carga, roubo de veículo, latrocínio e tentativa de homicídio).

Matéria continua após a publicidade


Em janeiro de 2018, foram 58.059 registros. Em 2019, 44.207: redução de 23,85%. O único estado que não entrou nas estatísticas foi o Paraná, que não havia disponibilizado os dados.
Os casos assassinatos caíram 20,63% (3.600), na comparação com janeiro de 2018. Os latrocínios tiveram redução de 11,87% (141 casos em 2019).

Matéria continua após a publicidade

Em 2018 o Brasil registrou uma média de 24,02 vítimas de homicídios dolosos a cada 100 mil habitantes. A média mundial é de 6,4 para cada 100 mil pessoas.

O número de casos de estupro registrado caiu de 4.096 em janeiro de 2018 para 3.663 no mesmo mês deste ano, redução de 10,57%.

Os roubos de veículo e cargas caíram 28,5% (16.172 casos) e 27,3% (1.521 casos), respectivamente.

Já os furtos de veículo totalizaram 18.170 casos, apresentando redução de 13,55% no mês analisado.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos