Dois proprietários rurais de Jardim foram autuados pela Polícia Militar Ambiental (PMA), ao serem flagrados cortando árvores sem autorização durante fiscalização na região do Assentamento Guardinha.

De acordo com a PMA, a madeira explorada estava sendo derrubada com uso de uma motosserra, para a qual também não havia a Licença de Porte e Uso (LPU). As atividades foram paralisadas e a madeira e a motosserra apreendidas.

Matéria continua após a publicidade

 O infrator de 68 anos, proprietário da motosserra ilegal e da fazenda, foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.900,00. O outro, de 35 anos, que também possui propriedade na região, foi autuado administrativamente e multado em R$ 900,00.

Os infratores, residentes em Jardim, responderão por crime ambiental de exploração ilegal de madeira. A pena é de seis meses a um ano de detenção.

Com informações PMA

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos