Uma técnica para emagrecer está atraindo muitos sul-mato-grossenses ao Paraguai, onde é colocada uma malla (espécie de tela), costurada temporariamente na língua e que faz a pessoa ingerir somente líquidos e ter rápida perda de peso.

Não reconhecida no Brasil, segundo especialistas, esta é mais uma das “loucuras” que as pessoas fazem para emagrecer. Eles alertam ainda que além do risco de infecção do procedimento cirúrgico, o paciente pode também desenvolver compulsão alimentar ou então recuperar todo o peso novamente.

Matéria continua após a publicidade

Anvisa confirma que técnica é proibida no Brasil

Já a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ressaltou que não legisla sobre nenhum procedimento neste sentido e a regulação, nestes casos, é feitas pelos conselhos das categorias profissionais. Quando se trata de procedimentos médicos no Brasil, a Agência possui o papel de regulamentar as regras de funcionamento, bem como registrar os equipamentos como maquinário, anestésicos e insumos, por exemplo.

No caso da “malha na língua”, a Anvisa fala que, como se trata de algo realizado no exterior, não possui nenhuma ação neste sentido e também afirma não saber de registro de estabelecimento que o façam no Brasil.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos