Foi aprovada nesta semana durante sessão na Câmara Municipal de Corumbá, o Projeto de Lei que estabelece limitações ao corte do serviço de fornecimento de água.

A proposta segue agora para apreciação do Poder Executivo e caso seja sancionado pelo prefeito, a empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul), não poderá cortar, suspender ou interromper o serviço de fornecimento de água na cidade, por mora ou inadimplência dos usuários, em dias que não haja expediente bancário normal.

Matéria continua após a publicidade

“Precisamos estabelecer critérios visando melhor atender a população. O Projeto de Lei aprovado terça-feira, é importante para evitar que o fornecimento de água seja cortado em dias que não haja expediente bancário normal, por qualquer razão, bem como aos dias precedentes a estes”, comentou o vereador Yussef Salla, autor da proposta.

Ele ainda explica que a empresa concessionária deverá notificar o usuário, “em pelo menos 30 dias anterior ao ato do corte, suspensão ou interrupção, ou de forma pessoal ou postal, com aviso de recebimento”, completou.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos