Fronteira está bloqueada por manifestantes contra a reeleição do atual presidente da Bolívia, Evo Morales.

A fronteira Brasil - Bolívia, em Mato Grosso do Sul, amanheceu fechada nesta terça-feira (9). Manifestantes impedem a passagem de veículos entre os dois países em protesto à reeleição do presidente Evo Morales.

O protesto teve início por volta de meia-noite de terça-feira. Para se chegar a um dos dois países, só a pé. Muitos comerciantes bolivianos que vendem produtos nas feiras de Corumbá, não puderam cruzar a fronteira com veículos.

Matéria continua após a publicidade

Segundo a Receita Federal, 300 caminhões passam diariamente na fronteira e de janeiro deste ano até esta segunda-feira (8), 104 mil pessoas já tinham passado por lá.

Os manifestantes são contra decisão do judiciário boliviano, que autoriza a reeleição de Evo Morales. Situação que vai contra referendo de fevereiro de 2016, onde a maioria da população votou por não reeleição.

Até a publicação desta reportagem, a manifestação acontecia de forma pacífica.

Matéria continua após a publicidade

Fronteira Brasil - Bolívia amanhece fechada nesta terça-feira (9)
Bom Dia MS

—:—/—:—

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos