Foram presos na data desta quinta-feira (11) Valdeci Duarte Pacheco (54), morador de Nova Alvorada do Sul, e os motoristas Roberto Carlos Ssilva Queiros (49), Wilson Cardoso Dos Santos (39), e Carlos Antonio Bonfim (50), todos moradores da cidade de Campo Grande e funcionários de uma empresa transportadora de combustíveis.

Investigadores da DEFRON receberam denúncias de que na rodovia BR-267, entre os municípios de Nova Alvora do Sul e Casa Verde, estariam sendo feitos carregamentos de drogas em caminhões do Tipo Tanque e em diligências pela região os policiais identificaram um ponto localizado no KM 228 da referida rodovia, conhecido como Lanchonete Café e Cia, onde havia um constante movimento somente deste tipo de caminhão (tanque), o que levou a suspeita da equipe.

Matéria continua após a publicidade

Durante monitoramento da polícia no período noturno, três caminhões tanques de uma empresa de transporte de combustíveis pararam em um pátio aos fundos da lanchonete, e no período em que ficaram neste local foi observado que os três motoristas mexeram nos tanques das suas respectivas carretas, bem como manuseavam galões de acondicionar combustível. Os motoristas foram abordados e foram encontrados no caminhão dos mesmos alguns galões contendo combustível que fora retirado das respectivas carretas.

Policiais notaram ainda uma movimentação de um dos motoristas que se dirigiu até uma residência que fica nos fundos do pátio, sendo que, após a abordagem dos veículos, os policiais foram até essa residência e encontraram diversos galões de combustíveis espelhados pelo quintal, bem como uma bomba improvisada para realizar o manejo dos combustíveis entre galões, momento em que foi dado voz de prisão a Valdeci, que confessou que há anos compra de forma clandestina o combustível desviado de diversos caminhoneiros naquele local.

Valdeci foi preso e indiciado por receptação e associação criminosa e os motoristas Roberto, Wilson e Carlos por furto qualificado e associação criminosa e todos serão encaminhados a uma cela do 1° Distrito Policial onde ficarão à disposição da justiça.

Matéria continua após a publicidade

Na residência foram aprendidos diversos galões de combustíveis que totalizaram 1.365 litros, além de mais 200 litros de combustíveis apreendido em posse dos motoristas dos caminhões tanques.

A empresa transportadora na qual os motoristas presos trabalhavam, após auditoria verificou-se que o trio nos últimos 60 dias desviou mais de 7.000 (sete mil) litros de combustíveis

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos