Rodrigo confessou ter sido contratado por R$2 mil para vir de Campo Novo do Parecis em Mato Grosso até a fronteira com Paraguai para buscar a droga. / Imagem: Divulgação/ PM

Rodrigo Trindade de Souza, de 23 anos, bem que tentou, mas não conseguiu enganar a Polícia Militar e foi preso durante a madrugada deste domingo (29) por tráfico de drogas. Ele foi pego no terminal rodoviário da cidade de Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, após ser flagrado transportando maconha e a supermaconha, skunk. E tentou enganar a polícia dizendo que a erva era para fazer tereré.

Os policiais foram avisados por um outro passageiro que, ao desembarcar e buscar sua mala no bagageiro, sentiu um odor de drogas. Durante a revista no bagageiro, os militares encontraram duas malas com a identificação do passageiro, sendo que na bagagem foram encontrados vários tabletes prensados de maconha.

Matéria continua após a publicidade

De acordo com informações do site Dourados News, quando feita a abordagem, Rodrigo estava com uma mala de mão e durante a revista mais droga foi encontrada. Ele disse que o material seria erva de tereré, mas depois acabou confessando que transportava maconha.

Foram encontrados 10 tabletes da supermaconha e 23 tabletes de maconha. Ele disse que teria sido contratado para levar a droga para Mato Grosso, mas que não conhecia o seu contratante. Pelo serviço ele receberia o valor de R$ 2 mil. O autor foi levado para a delegacia e autuado por tráfico de drogas.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos