Desgastado, Amor e Sexo estreou sua 11ª temporada na Globo com pior audiência e perdeu para a Record e SBT. Deve sair da grade de programação da emissora. / Imagem: Divulgação

Programas como o “lacrador” Amor & Sexo, Conversa com Bial, Encontro com Fátima Bernardes e Video Show garantiram à Rede Globo um novo recorde: a menor audiência neste século.

Em novembro, o Ibope da emissora carioca caiu na Grande São Paulo, o coração da publicidade nacional, para 12,4 pontos de média no Painel Nacional de Televisão (PNT) nas 24 horas do dia. Analisando somente a faixa comercial (das 7 da manhã até meia-noite), a audiência média ficou em 15,1 pontos, o índice mais baixo dos últimos três anos. Cada ponto equivale a cerca de 240 mil domicílios no PNT.

Matéria continua após a publicidade

Mais que isso: em novembro, das 7h à 0h, a Globo ficará com o menor share (% de participação no universo de TVs ligadas) no PNT neste século, talvez de todos os tempos: 33,5% (ou seja, das TVs ligadas, um terço estão ligadas na emissora).

Para efeito de comparação, em 2002 a Globo chegava a ter 60% de share. A Globo, entretanto, ainda tem uma grande vantagem sobre SBT e Record. Veja abaixo a audiência da TV aberta (em pontos) no PNT e em São Paulo (novembro)*:

PNT, 24 horas do dia (cada ponto = 240 mil domicílios)
Globo – 12,4
SBT – 5,6
Record – 5,6
Band – 1,1
RedeTV – 0,6

Matéria continua após a publicidade

PNT, das 7h à 0h
Globo – 15,1
Record – 7,3
SBT – 6,6
Band – 1,4
RedeTV – 0,7

Grande São Paulo, 24 horas do dia (cada ponto = 72 mil domicílios)
Globo – 12,1
SBT – 6,5
Record – 6,0
Band – 1,6
RedeTV – 0,8

Grande São Paulo, das 7h à 0h
Globo – 14,6
Record – 7,7
SBT – 7,3
Band – 2,0
RedeTV – 0,8

*Até dia 27 de novembro. Dados mensurados pela Kantar Ibope Media

Com informações de Ricardo Feltrin

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos