investimentos são fundamentais para assegurar a distribuição de água, principalmente da parte alta da cidade, composta por vários bairros, entre eles, o Cristo Redentor, Cravo I, II e III, Guanabara, Primavera, Jardinzinho, Jatobazinho, Piúva, Guanã I e II, Guatós e Kadwéus.

O Município de Corumbá está recebendo obras que asseguram mais água tratada para a população. Entre as obras prontas está a construção de dois novos reservatórios que, juntos, possuem capacidade de reservar cinco milhões de litros de água.

Além disso, Corumbá conta agora com mais 48km de rede de distribuição de água, 1.830 ligações novas domiciliares de água e 1.364 metros de adutoras (tubulação que leva água da captação da Sanesul no Rio Paraguai até os reservatórios).

Matéria continua após a publicidade

Jackson Sales, supervisor da unidade da Sanesul em Corumbá, explica que esses investimentos são fundamentais para assegurar a distribuição de água, principalmente da parte alta da cidade, composta por vários bairros, entre eles, o Cristo Redentor, Cravo I, II e III, Guanabara, Primavera, Jardinzinho, Jatobazinho, Piúva, Guanã I e II, Guatós e Kadwéus.

“São investimentos estratégicos que atendem à demanda atual e futura da população com mais água tratada para as famílias de Corumbá, além de evitar o desabastecimento”, disse ele.

O supervisor destaca ainda a importância de investimento na área de saneamento.

Matéria continua após a publicidade

Estação de Tratamento de Água em Corumbá

“Com todas as obras nós vimos a presença forte do Estado no município. É um tipo de investimento que as pessoas não veem, pois a rede de água, por exemplo, fica embaixo da terra. Mas, investir em saneamento é investir na saúde. É um ganho enorme para a população”, destaca o supervisor.

As obras de ampliação do sistema de abastecimento de água em Corumbá foram feitas com recurso do Governo Federal e da Sanesul.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos