A primeira massa de ar frio forte de 2019 provocou grande queda de temperatura em parte do Centro-Oeste neste domingo (12). Esse frio já vinha sendo previsto desde a semana passada.

O contraste térmico entre a massa de ar frio de origem polar e o ar quente que estava sobre o Centro-Oeste do Brasil favoreceu a formação de muitas nuvens em parte de Mato Grosso do Sul e no sudoeste de Mato Grosso. Na imagem de satélite é possível ver essa nebulosidade em tons brancos.

Matéria continua após a publicidade

A temperatura caiu bastante em algumas áreas de Mato Grosso do Sul e de Mato Grosso, especialmente no Pantanal.

Matéria continua após a publicidade

Mato Grosso do Sul

A cidade de Ponta Porã, no sul do estado, passou o domingo quase inteiro sob um denso nevoeiro, que restringiu a visibilidade a 900 metros até as 13h. Depois a névoa continuou forte. Às 16h fazia apenas 20ºC na cidade. Já no noroeste, Corumbá também teve um dia gelado. A máxima também foi de apenas 20ºC, contra os 29ºC que fez no sábado (11). Na capital Campo Grande, a temperatura também caiu, mas não tanto. A máxima na região do aeroporto chegou a 25ºC.

Essa massa de ar frio continua influenciando o tempo em parte do Centro-Oeste nesta segunda-feira (13). O dia deve começar gelado em todo Mato Grosso do Sul e no sul e oeste de Mato Grosso, com possibilidade de recordes de frio.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos