A Marinha do Brasil está em Porto Murtinho atendendo a população com médicos e dentistas. Tendo como importante missão levar assistência médico-odontológica o Navio de Assistência Hospitalar "Tenente Maximiano" da Marinha do Brasil, atracou no Cais do Porto Geral.

Os profissionais da Marinha do Brasil chegaram em Porto Murtinho onde devem prestar serviços até terça-feira (23), nos horários 07:00hs-11:00/13:00hs-17:00hs. A embarcação, responsável por oferecer serviços de saúde médico e odontológico, deve atender mais de 3 mil moradores.

Matéria continua após a publicidade

NAsH Tenente Maximiano

O NAsH Tenente Maximiano (U-28) é um Navio de Assistência Hospitalar da Marinha do Brasil. Foi incorporado no dia 17 de março de 2009, estando subordinado ao 6º Distrito Naval. Antes de ser adquirido pela Marinha, a embarcação tinha o nome de "SCORPIONS" e era empregado em atividades de turismo e pesca amadora.

O navio tem como missão levar saúde e qualidade de vida aos ribeirinhos da região do Pantanal do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul proporcionando assistência médico-hospitalar, odontológica e sanitária, aprimorando, ainda mais, as Ações de Assistência Cívico-Social (ACISO).

Matéria continua após a publicidade

Para ser adaptado a sua nova função, o navio passou por uma reforma estrutural, com a construção de centro cirúrgico, enfermaria, sala de esterilização, sala de expurgo, farmácia, laboratório, consultório médico, consultórios odontológicos e de um compartimento equipado com aparelho de raio-X, além de uma modernização nos sistemas de propulsão, de geração e distribuição de energia.

Atendimento às populações ribeirinhas da região do Pantanal, do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul, rios Paraguai e Cuiabá

De forma secundária, o navio também será utilizado em apoio logístico durante os deslocamentos das tropas e dos navios na faixa de fronteira, realizar operações de socorro em apoio a defesa civil e atuar como navio hospital em apoio a operações ribeirinhas dos fuzileiros navais.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos