Corumbá-MS / Imagem: Correio da Manhã/Ana Marchi

Apenas no mês de janeiro já foram notificados 685 casos de dengue em Corumbá, na região do Pantanal sul-mato-grossene. A média nestes 24 dias é de 28 registros por dia, ou seja, mais de um por hora.

Dos casos notificados, 57 já foram confirmados em exames laboratoriais e mais de 10 pessoas estão internadas na Santa Casa de Corumbá, sendo uma delas no centro de terapia intensiva (CTI). A prefeitura declarou que o município enfrenta uma epidemia da doença.

Matéria continua após a publicidade

Chikungunya

Além da dengue, o município também confirmou com base em exame de laboratório local um caso de chikungunya, outra doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. É o primeiro registro de 2020.

O paciente é um bebê de nove meses, que após apresentar os sintomas principais da doença foi levado para a Santa Casa de Corumbá, onde recebeu atendimento.

Conforme o secretário de saúde, Rogério Leite, afirmou que a criança passa bem e já está em casa recebendo o tratamento adequado. Ainda segundo o secretário, disse que a secretaria municipal e estadual de Saúde aguardam agora o resultado da contraprova do exame do bebê. O material foi enviado para o Laboratório Central de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos