O meliante foi identificado como Aquim Cavalheiro da Silva. / Imagem: Divulgação

Corumbá - Foi com muita indignação que a aposentada corumbaense Vânia Coffaci (47) realizou uma postagem nesta manhã (25) na rede social Facebook:

“Tô transpassada com tudo quero passando neste momento, 03:40 hs eu fui violentada, molestada, agredida fisicamente por um homem que deveria nunca estar dentro do ônibus da andorinha, que comprou uma passagem de leito até Miranda, onde ninguém da empresa ou mesmo o motorista verificou se o traste havia descido.”

Matéria continua após a publicidade

Print do desabafo de Vânia na rede social Facebook / Imagem: Divulgação

Segundo as informações levantadas pelo Correio da Manhã, um homem identificado como Aquim Cavalheiro da Silva havia comprado uma passagem até a cidade de Miranda, porém continuou no veículo e seguiu viagem, sentando-se ao lado da passageira Vânia, que faz tratamento de saúde em Campo Grande e precisa comparecer mensalmente na capital para suas consultas.

Porém, na altura da cidade de Anastácio o homem - segundo a vítima - enfiou sua mão por baixo do vestido que ela usava e começou a tocar em suas partes íntimas.

Matéria continua após a publicidade

Imediatamente a mulher reagiu e gritou por ajuda. O ônibus estacionou e o meliante tentou fugir, mas foi detido por passageiros do ônibus.

Vânia agradeceu aos policiais rodoviários que deteram o abusador, mas lamenta-se porque além da situação extremamente constrangedora - perdeu a consulta que estava agendada às 9:45h da manhã de hoje, na capital:

“Nunca passei por esse tipo de situação. Tudo por culpa dessa empresa, que não fiscaliza quem é que deveria descer nos pontos certos. O motorista só grita se alguém vai descer na cidade, mas não fiscaliza - aí abre margem para todo tipo de gente mal-intencionada, como esse tarado aí”.

Segundo Vânia Coffacci, sua indignação foi maior ainda quando soube na delegacia que seu abusador já tinha um boletim de ocorrência em Corumbá por assédio sexual, registrado ontem mesmo na delegacia de Corumbá.

De acordo com as últimas informações prestadas pela vítima, ela ainda encontra-se na cidade de Anastácio em companhia de um amigo, finalizando os trâmites burocráticos policiais - e deve retornar para Corumbá assim que puder, mas vai buscar justiça para seu caso:

“Perdi minha consulta, fui abusada, constrangida, humilhada, invadida. Isso não vai ficar assim.”

O meliante foi identificado como Aquim Cavalheiro da Silva. / Imagem: Divulgação

Passageiros detiveram o tarado, até a chegada da PRF. / Imagem: Divulgação

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos