Ladário - Sol e aumento de nuvens de manhã / Imagem: Ana Marchi

A atmosfera vai continuar quente e úmida na maioria das áreas do Centro-Oeste. O aquecimento e a disponibilidade de umidade vão resultar em mais pancadas de chuva nos três estados, incluindo também o Distrito Federal.

A quarta-feira (08), começa com com um ar mais seco sobre as áreas mato-grossenses que fazem divisa com o Pará e o Tocantins. Nestas localidades, a chance de chover é muito pequena.

Matéria continua após a publicidade

Nas demais áreas de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal, as condições de chuva são maiores. O tempo quente, úmido e abafado facilitam o crescimento de nuvens carregadas. A partir da tarde são esperadas pancadas de chuva isoladas de moderada a forte intensidade com raios e rajadas de vento, inclusive em Cuiabá, Campo Grande, Goiânia e Brasília.

Na quinta-feira, o ar seco ganha força e se espalha sobre o norte de Goiás e de Mato Grosso e inibe a formação de nuvens de chuva. Nas demais áreas, o sol aparece, faz calor e a umidade disponível colabora para o crescimento de nuvens e as pancadas de chuva isoladas acompanhadas de raios.

De acordo com os meteorologistas, as condições para chuvas mais frequentes devem aumentar sobre a maioria das áreas do Centro-Oeste no fim de semana do Dia das Mães.

Matéria continua após a publicidade


Queda e temperatura à vista

A entrada de ar frio de origem polar moderado a forte sobre Mato Grosso do Sul e Mato Grosso está sendo esperado no próximo fim de semana. A temperatura terá uma queda acentuada especialmente a partir do próximo domingo, 12 de maio, dia das Mães.

No oeste e sul de Mato Grosso do Sul, o resfriamento já começa no sábado. É possível que Campo Grande e Cuiabá tenham o recorde de frio para este ano, no domingo e no começo da próxima semana.

O primeiro recorde já pode ocorrer no domingo, 12 de maio. Em Campo Grande, o recorde atual de menor temperatura neste ano é de 16,6°C no dia 9 de abril. Em Cuiabá, a menor mínima até agora foi de 20°C em 17 de abril.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos