O governador Reinaldo Azambuja esteve nesta terça-feira (4) em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, reunido com ministros do país vizinho e com o presidente Evo Morales. Eles trataram da instalação de uma termelétrica na região de Corumbá, em um investimento previsto de US$ 300 milhões pela empresa Camaçari RJ Participações.

Matéria continua após a publicidade

De acordo com o governo, a produção de energia elétrica será feita com gás natural, e para isso, foi assinado um documento em que a estatal boliviana Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos S/A (YPFB) compromete-se a fornecer 1,1 milhão de metros cúbicos por dia para a Termelétrica Fronteira.

Azambuja aproveitou para apresentar um projeto da ferrovia TransAmericana, que visa melhorar a competitividade dos produtos brasileiros no mercado internacional, com a exportação via portos do Chile e Peru, com custos mais baixos

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos