Um adolescente de 17 anos invadiu a casa de uns vizinhos, em Houston, que estavam comemorando um aniversário. O jovem agrediu uma mulher da família com dois murros, apontando-lhe em seguida uma arma à cabeça.

Conta a imprensa que tudo poderia ter tido um desfecho fatal se não fosse a intervenção de Zero, o cão da família agora considerado um herói canino. Ao sentir que a família estava em perigo, Zero atirou-se ao intruso, mordendo-lhe a mão que segurava a pistola.

Matéria continua após a publicidade

Depois dessa investida do animal, o adolescente abriu fogo. Zero foi baleado no peito e na cabeça e acabou morrendo. Três membros da família também foram alvejados mas encontram-se livre de perigo.

“Se o agressor tivesse conseguido só apontar para onde queria disparar, certamente estaríamos gravemente feridos ou sido mesmo assassinados”, disse aos meios locais a mãe da família, Laura Martínez.

Matéria continua após a publicidade

Volvidos alguns dias, o agressor entregou-se voluntariamente às autoridades e vai responder perante a justiça, no próximo mês de abril, por assalto agravado com arma de fogo.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos