Comente esta Pimentinha

Pressionados por uma Assembléia Lotada de empresários (leia-se: financiadores de suas campanhas), os Deputados de Mato Grosso do Sul não colocaram em pauta um dos principais itens do pacote de aumento de impostos, proposto pelo Governador Reinaldo Azambuja: o aumento do ITCD (Imposto sobre a Transmissão Causa Mortis e Doação), contido dentro do projeto de Lei 250/2015, que prevê, entre outras coisas, o aumento da carga tributária para produtos considerados supérfluos.

Em confidência com este colunista, alguns empresários também disseram “que vão ficar de olho, se quiserem colocar isso em pauta, em alguma sessão extraordinária”.  

Mesmo contando com uma base IMENSA de Deputados - que garantiria a aprovação do projeto, em definitivo - a pressão exercida pelos empresários parece ter dado certo: o clima ficou tenso e o ditado “Passarinho que come pedra tem que saber o que tem”, fez-se valer, pela Assembléia do MS.

E agora, Reinaldo?

La Pimentita
"La Pimentita" é a mascote do blog Malagueta - um blog coletivo de humor sem nenhum compromisso com a realidade. Qualquer personagem ou situação narrada aqui caso não seja explicitamente denominado(a), é mera coincidência.

Dúvidas? Críticas? Sugestões? Ficou putinho(a)? Mande um e-mail!

Já viu essas ardidinhas?

Dê sua opinião, comente esta pimentinha!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.