O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Saúde Portal de Notícias de MS 15/Junho/2021 / Última edição às 13:46:01

Com 1.387 casos novos, números da Covid-19 no MS não param de crescer

As quatro macrorregiões do Estado estão com lotação de leitos de UTI acima da capacidade. Campo Grande registra ocupação de 104%, Dourados 96%, Três Lagoas 95% e Corumbá 100%.


A maior incidência de casos da Covid 19, em Mato Grosso do Sul está na faixa etária de 30 a 39 anos de idade (23,3%). É o que mostra o boletim epidemiológico desta terça-feira (15), cujos registros apontam mais 1.387 novos casos e 52 óbitos registrados nas últimas 24 horas.

De acordo com os dados apresentados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) existem 2.755 amostras em análise no Lacen e mais 9.187 casos aguardando encerramento pelos municípios. A taxa de contágio está em 1,12, e a taxa de óbitos em 2,4. Desde o início da pandemia Mato Grosso do Sul confirmou 315.832 pessoas infectadas, dos quais 7.569 perderam a luta para o coronavírus.

De acordo com a secretaria adjunta da SES, Christine Maymome a variante em circulação no MS é 2,4 mais transmissível.

Ainda de acordo com o boletim epidemiológico, Mato Grosso do Sul conta com 17.465 casos em isolamento domiciliar e 1.141 pacientes hospitalizados. Desses, 592 em leitos clínicos e 549 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva.

As quatro macrorregiões do Estado estão com lotação de leitos de UTI acima da capacidade. Campo Grande registra ocupação de 104%, Dourados 96%, Três Lagoas 95% e Corumbá 100%. A lista de espera por um leito de hospital é de 300 pacientes.

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.