O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Carnaval Redação 13/Janeiro/2022 / Última edição às 17:03:48

Confira onde o Carnaval foi cancelado por causa da ômicron e da influenza

Em outros estados, prefeituras ou estão analisando se realizam – a maioria – ou decidiram realizar – a minoria.


Com o avanço de casos da variante ômicron do novo coronavírus e o aumento de casos de gripe, 17 capitais do Brasil e o Distrito Federal, além de centenas de cidades do interior em todo o país, muitas delas com tradição de realizar a festa de momo, cancelaram o Carnaval de rua em 2022, que ocorreria entre os dias 25 de fevereiro e 05 de março.

Em outras outras capitais os prefeitos ainda estão analisando se realizam as festas de rua e algumas decidiram realizar.

O Carnaval foi cancelado em cidades onde a festa é tradicional e atrai uma multidão de turistas, como no Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Recife (PE), Olinda (PE), Ouro Preto (MG), Juiz de Fora (MG) e São Luiz do Paraitinga (SP). Nem em São Paulo, onde nos últimos anos os blocos voltaram com tudo para as ruas da cidade, a festa foi autorizada.

Mato Grosso do Sul

Bonito, Campo Grande e Três Lagoas cancelaram o carnaval. A decisão levou em conta a preocupação das autoridades de saúde com as novas variantes da Covid-19 e influenza.

Corumbá

Em Corumbá, o prefeito Marcelo Iunes, em entrevista, segundo ele irá esperar até o final do mês para decidir se haverá o carnaval de rua.


Confira as cidades onde o Carnaval de 2022 já foi cancelado, onde está sendo analisada a possibilidade de realizar a festa e onde foi confirmado, por enquanto, pelo menos.

Aracaju

A Prefeitura da capital de Sergipe ainda está analisando se realiza o Carnaval.

Belém

A Prefeitura da capital do Pará cancelou o Carnaval.

Belo Horizonte

A prefeitura não anunciou oficialmente o cancelamento das festas nas ruas, mas suspendeu os investimentos e a infraestrutura para os desfiles dos blocos, o que inviabilizaria a realização. No entanto, grupos e blocos estão organizando suas atividades de forma independente.

Boa Vista

A Prefeitura da capital de Roraima está analisando as chances de realizar o Carnaval.

Brasília

O governador Ibaneis Rocha cancelou o Carnaval na capital e em todas as cidades do Distrito Federal.

Campo Grande

A Prefeitura da capital do Mato Grosso do Sul cancelou o Carnaval.

Cuiabá

A Prefeitura da capital de Mato Grosso cancelou o Carnaval.

Curitiba

A Prefeitura da Capital paranaense cancelou o Carnaval, apesar da pouca tradição de realização da festa. E no Estado, o vice-líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Cobra Repórter (PSD),entrou com um requerimento de cancelamento da festa em todas as cidades do Paraná alegando a necessidade de manter baixa a taxa de contaminação no estado.

Espírito Santo

Por enquanto a única decisão por cancelar o Carnaval foi tomada na cidade de Guarapari.

Fortaleza

O edital de apoio às festas na capital cearense havia sido cancelado pelo prefeito José Sarto (PDT) em 30 de novembro, sendo seguido pelo governador Camilo Santana (PT). Não vai ter Carnaval no Ceará.

Florianópolis

A Prefeitura da capital de Santa Catarina decidiu cancelar o Carnaval deste ano, tanto os blocos de rua, quanto os desfiles das escolas de samba.

Goiânia

O Carnaval está cancelado na capital de Goiás.

João Pessoa

Na capital da Paraína, a realização do Carnaval ainda está sendo analisada.

Macapá

Na capital do Amapá o Carnaval foi cancelado.

Maceió

Na capital de Alagoas o Carnaval tamvbém foi cnacelado.

Manaus

Na capital do Amazonas o Carnaval foi cancelado.

Natal

Na capital do Rio Grande do Norte, por enquanto, a Prefeitura decidiu realizar o Carnaval.

Olinda

A Prefeitura de Olinda (PE) também cancelou o Carnaval de 2022 na cidade. O prefeito Professor Lupércio (Solidariedade) prometeu linhas de investimentos para a cultura local como medida alternativa.

Ouro Preto

A prefeitura de Ouro Preto (MG) já havia anunciado que não haveria o desfile de blocos de rua desde 15 de dezembro. O município vetou qualquer tipo de evento, público ou privado, em espaços abertos ou fechados, durante a folia. Outras cidades mineiras como Ouro Preto, Diamantina, Mariana e outros 27 municípios da Associação das Cidades Históricas também decidiram, em conjunto, pela não realização das festas.

Palmas

Na capital do Tocantins, a Prefeitura ainda está analisando se realiza ou não o Carnaval 2022.

Porto Alegre

Na capital do Rio Grande do Sul, a Prefeitura decidiu manrer o Carnaval.

Porto Velho

Na capital de Rondônia a realização da festa ainda está em análise.

Recife

A prefeitura da capital pernambucana cancelou toda a programação oficial do Carnaval de rua alegando que a prioridade deste - e de qualquer momento - sempre será a preservação da saúde e da vida”.

Rio Branco

O mesmo ocorre na capital do Acre onde as autoridades locais ainda analisam a possibilidade de realizar a festa.

Rio de Janeiro

A Prefeitura do Rio de Janeiro cancelou o Carnaval de rua no município, mas manteve, por enquanto, os desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí. O prefeito Eduardo Paes (PSD) alegou que o sambódromo oferece possibilidades de controle sanitário de pessoas mediante a apresentação de comprovante vacinal.

Salvador

A capital baiana foi a primeira grande cidade brasileira a cancelar a sua tradicional folia. O governador Rui Costa (PT) disse em 23 de dezembro que uma megafesta, nos moldes das que são feitas historicamente em Salvador, seria “inviável”.

São Luís

A Prefeitura da capital do Maranhão já cancelou o Carnaval.

São Luiz do Paraitinga (SP)

O Carnaval de marchinhas de São Luiz do Paraitinga, famoso destino carnavalesco no interior de São Paulo, havia anunciado em 23 de novembro que não realizaria a folia em 2022. A prefeitura local disse que “momento atual ainda requer atenção, cautela e responsabilidade”.

São Paulo

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), cancelou o desfile dos 696 blocos que tinha autorizado a desfilar, mas, como o colega do Rio, quer manter os desfiles das escolas de samba no Sambódromo do Anhembi. Veja no final lista de todas as cidades do estado que já cancelaram o Carnaval.

Teresina

A prefeitura da capital do Piauí decidiu realizar o Carnaval.

No estado de São Paulo, mais de 70 cidades já cancelaram o carnaval, todas no interior paulista. Veja a relação:

- Águas de Lindóia
- Altinópolis
- Américo Brasiliense
- Amparo
- Barrinha
- Borborema
- Botucatu
- Cabreúva
- Caconde
- Caçapava
- Campo Limpo Paulista
- Cássia dos Coqueiros
- Cunha
- Descalvado
- Dobrada
- Dumont
- Franca
- Gavião Peixoto
- Guariba
- Guatapará
- Holambra
- Iacanga
- Ibitinga
- Itápolis
- Itatiba
- Itupeva
- Jaboticabal
- Jacareí
- Jaguariúna
- Jarinu
- Jundiaí
- Lagoinha
- Lindóia
- Lins
- Louveira
- Migelópolis
- Motuca
- Mogi das Cruzes
- Monte Alegre do Sul
- Monte Alto
- Monteiro
- Natividade da Serra
- Nova Europa
- Paraibuna
- Pedreira
- Pitangueiras
- Poá
- Potirendaba
- Pradópolis
- Redenção da Serra
- Rifania
- Rincão
- Roseira
- Salesópolis
- Santa Ernestina
- Santa Isabel
- Santo Antônio do Pinhal
- Santa Lúcia
- Santa Cruz da Esperança
- Santa Rosa do Viterbo
- Santo Antônio da Alegria
- São Bento do Sapucaí
- São Luiz do Paraitinga
- São Simão
- Serra Negra
- Socorro
- Suzano
- Taquaritinga
- Taubaté
- Ubatuba
- Valinhos
- Várzea Paulista
- Vinhedo

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.