O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Saúde Redação 03/Março/2021 / Última edição às 10:34:35

Confirmado paciente de Corumbá com a Cepa mais potente do coronavírus

Morador do Centro de Corumbá, o homem apresentou os primeiros sintomas da covid-19 no início de janeiro.


Está em Mato Grosso do Sul a variante P1 do novo coronavírus, a mesma que provocou caos na saúde de Manaus. Testes feitos em material coletado de paciente internado em Corumbá, confirmaram que o homem, de 37 anos, ficou doente por causa da cepa, também considerada por alguns especialistas mais agressiva.

“Foi comprovado através de estudo de sequenciamento genético que o paciente de Corumbá é o primeiro paciente no Estado da variante P1”, afirmou o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, nesta manhã.

Morador do Centro de Corumbá, o homem apresentou os primeiros sintomas da covid-19 no início de janeiro. A suspeita, de que ele pode ter tido contato com a mutação do coronavírus identificada em pacientes do Amazonas, veio quando revelou ter estado em Manaus pouco antes de sentir os sintomas.

Portador da comorbidades, o paciente chegou a precisar de UTI e ainda está em atendimento para se recuperar das sequelas deixadas pela doença.

Ainda há vários outros casos suspeitos da variante em Mato Grosso do Sul e que a cepa já circula na região de Corumbá e da Grande Dourados.


Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.