O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Polícia Midiamax 12/Janeiro/2021 / Última edição às 12:11:31

Corpo de menino de 15 anos é encontrado por primo dentro de freezer

O garoto havia chamado alguns colegas para ir até a casa


A polícia investiga sobre o corpo de um adolescente de 15 anos, identificado como José Eduardo Alves Gonçalves Rosa encontrado dentro de um freezer, na casa de sua avó no bairro Adelina, em Campo Grande.

O corpo foi encontrado pelo primo que estava à procura de José que havia desaparecido na tarde de domingo (10). O adolescente estava só de cuecas e não havia sinais aparentes de violência. Uma faca foi encontrada no quintal da residência. O freezer onde foi encontrado a vítima estava desligado.

Segundo o irmão da vítima de 26 anos, no sábado (9) José havia chamado alguns colegas para ir até a casa sendo que alguns stories postado pelo garoto no Instagran tinha um rapaz que ninguém da família conhecia. Já na segunda-feira (11) quando o garoto não apareceu para ajudar o irmão, que é técnico de refrigeração, ele foi até a casa da avó junto de um primo.

Eles pularam o muro e viram sangue escorrendo momento em que ao abrirem o freezer encontraram o corpo do garoto só de cuecas, mas sem sinais de violência aparente. Ainda na casa uma roda de cadeiras foi encontrada indicando que havia tido uma reunião no local.

Um celular e um notebook foram apreendidos pela polícia para passar por perícia.

Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.