O Verdadeiro NewBorn Americano!

Faça já as fotos do seu bebê !!!

Conheça o Studium A

Sobre o Jornal:

O Correio da Manhã é um jornal sul-mato-grossense criado em 2015, originalmente sob o nome de MS Diário, sendo um produto da agência de comunicação e marketing digital - Avantiz. Todos os direitos das matérias publicadas pertencem aos seus respectivos autores.

Fone e WhatsApp

(67) 99199-2448

Nosso E-mail

[email protected]

Saúde Redação 18/Novembro/2020 / Última edição às 12:11:15

Covid-19: Crescimento de casos novos e internações preocupa autoridades em saúde

Os municípios com maior número de novos casos são Campo Grande com 438, Corumbá com 35, Ponta Porã com 32 e Dourados com 21 novos casos.


A Secretaria Estadual de Saúde, divulgou através do boletim epidemiológico desta quarta-feira, dia 18, a confirmação de 689 novos casos de coronavírus em Mato Grosso do Sul. Com isso, o número total de casos confirmados desde o início da pandemia é de 89.654 Uma média móvel de 523 casos novos ao dia.

Durante a live no facebook do Governo do Estado, Geraldo Resende, secretário de saúde, voltou a externar sua preocupação com o crescimento de casos novos. E pediu que a população não deixe de tomar os cuidados necessários para conter o vírus, tais como evitar aglomerações e usar a máscara.

Dos 89.654 casos confirmados, 82.123 estão sem sintomas e já estão recuperados, 5.575 estão em isolamento domiciliar, dos quais 257 estão internados.

Os municípios com maior número de novos casos são Campo Grande com 438, Corumbá com 35, Ponta Porã com 32 e Dourados com 21 novos casos.

Com dois novos óbitos confirmados, totalizamos 1.699 mortes pela doença em Mato Grosso do Sul, desde o início da pandemia. Média móvel, de 7,7 óbitos ao dia. Os óbitos foram registrados em Amambai e Dois Irmãos do Buriti.


Comente esta matéria

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.